Bibliografia / Bibliography

 

AAP. História. Alqueva, Alentejo-AAP. Portugal. S.d.

AGBSC. Barragem d'Alqueva (Portugal). Youtube. 15 fev. 2008. [Arquivo de vídeo].

ALQUEVA, Edia. O projeto Alqueva. Youtube. 8 mar. 2012. [Arquivo de vídeo].

AMORIM, Rosália; ANDRADE, Vítor. Não há região na Europa com água, terra e clima como o Alqueva. Expresso. 6 mar. 2015.

ANTUNES, Manuel de A.; DUARTE, Lucinda C.; REINO, João P. Barragens em PT: de Vilarinho da Furna à aldeia da Luz, com passagem pelo Douro Internacional. Comunicação IV Congresso Ibérico sobre Gestão e Planificação da Água. Tortosa, Espanha. 8-12 dez. 2004.

APP. Aldea de Luz (fragmento). APP-Atraco Perfecto Producciones. Youtube. 1 abr. 2008. [Arquivo de vídeo].

ATRACO PERFECTO PRODUCCIONES. Aldea de Luz (fragmento). Youtube. 1 abr. 2008. [Arquivo de vídeo].

BAIÃO, Ana; NATÁRIO, Anabela. Negócios suspeitos no Alqueva. JA-Jornal do Algarve. 3 mai. 2016.

BAPTISTA, João; Comissário europeu e presidente do COPA marcaram o dia da programação da Feira Nacional de Agricultura. Ribatejo. 11 jun. 2016.

BENTO, Sofia. La dificile existence du barrage d'Alqueva: une ethnographie des demonstrations sociotechniques. Humanities and Social Sciences. Ecole Nationale Superieure des Mines de Paris. 2006.

CABEZAS, Justo. Alqueva en construcción. Youtube. 19 jul. 2010. [Arquivo de vídeo].

CAMARGO, João. Especular sobre o regadio. Visão. 18 fev. 2014.

CANELAS, Lucinda. Plantar oliveiras sobre um recinto ritual com cinco mil anos. Público. 23 abr. 2017.

CARVALHO, Manuel. Espanhóis dominam metade do olival e três quartos do amendoal do Alqueva. Público. 15 mar. 2017.

CASTRO, Joana; RUSALEN, Sara. Barrages: éléments déclencheurs des "guerres de l’eau". 3 GEO-OC, pp. 12-14. Torri. nov. 2012.

CORREIA, Teixeira. Ministro da Agricultura pergunta pelos críticos de Alqueva. Jornal de Notícias-JN. 24 mar. 2017.

CT1RVM. Alqueva, Aldeia da Luz e Monsaraz. Youtube. 22 jun. 2008. [Arquivo de vídeo].

DIAS, Carol. Olival intensivo destrói importante sítio arqueológico no Alentejo. Público. 23 abr. 2017.

ECO WANDERER, blogs channel. Europe's biggest dam and artificial lake: Alqueva dam. Youtube. 7 mar. 2010. [Arquivo de vídeo].

EDIA ALQUEVA. O projeto Alqueva. Youtube. 8 mar. 2012. [Arquivo de vídeo].

EDIA. Site oficial. Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva S. A-EDIA. 2015.

ESQUERDA.NET. Alqueva é bom exemplo de investimento público de qualidade. Esquerda.net. 9 mai. 2016.

FERNANDES, Fernanda; MOTA, Ricardo Passos. Alqueva atrai investidores estrangeiros. RTP notícias. 9 fev. 2017. [Arquivo de vídeo].

FERNANDES, Lúcia; BENTO, Sofia; MEIRA, Teresa. Multiple struggles against new large dams, Portugal. EJOLT Atlas, Projeto Environmental Justice Organisations Liabilities and Trade. 2015.

FREIRE, Dulce. Entre sequeiro e regadio. Políticas públicas e modernização da agricultura em Portugal (século XX). Instituto de Ciências Sociais-IES- daUniversidade de Lisboa-UL. S.d.

LOPES, Maria João. A Europa e a defesa ambiental no primeiro dia das jornadas do Bloco. Público. 9 mar. 2016.

LPN. Alqueva: da incompetência à legalidade. Liga para a Proteção da Natureza-LPN. 6 nov. 2013.

LUSA. Alqueva: As comportas fecharam há 15 anos e o resultado é este. Sapo24. 7 fev. 2017.

LUSA. No Alqueva, os painéis solares flutuam. Sapo24. 30 jan. 2017.

LUSA. Governo quer lançar programa nacional de regadios. Diário de Notícias-DN. 21 abr. 2016.

LUSA. TdC: Concessão de centrais do Alqueva à EDP não salvaguardou interesse público. Público. 14 abr. 2016.

LUSA. TdC critica concessão das centrais de Alqueva à EDP. Correio da Manhã-CM. 14 abr. 2016.

MAPA. A Monsanto à conquista de Alqueva. MAPA-Jornal de informação crítica.18 jun. 2013.

MARQUES, Teresa; CARRILHO, José. Alqueva, 15 anos depois do fecho das comportas da barragem. RTP notícias. 8 fev. 2017. [Arquivo de vídeo].

MELO, João Joanaz de. Alqueva: alegrias e frustrações da mais emblemática obra pública portuguesa do séc. XIX. Fundación Nova Cultura del Água. 2009.

MELO, João Joanaz de. O porquê e para quê do projeto Alqueva. jun. 2002.

MELO, João Joanaz de; JANEIRO, Carla. Alqueva dam irrigation project: hard lessons learned from good and bad assessment practice. Atas da International Association for Impact Assessment annual meeting. Cambridge, Massachussets, USA. 31 mai. a 3 jun. 2005.

MOTITA, Iris. Portugal - the Alqueva dam. Barragem de Alqueva. Youtube. 12 abr. 2009. [Arquivo de vídeo].

NEVES, Bruno; PIRES, Iva Miranda; ROXO, Maria José. Culturas intensivas e superintensivas e a susceptibilidade à desertificação: o caso do olival no Alentejo. Academia.edu. S.d.

OLIVEIRA, Diogo Miguel Quaresma Jorge de. Efeito da construção da barragem do Pisão (Beja, Portugal) nas comunidades de aves. Dissertação de mestrado em Biologia da Conservação.Universidade de Évora-UÉ. 2013.

PA, Vídeoplanos. À espera do prometido desenvolvimento. Youtube. 18 out. 2012. [Arquivo de vídeo].

PAeM. Barragem do Alqueva: desejada pela população e contestada pelas ONGAS. Portugal: Ambiente em Movimento-PAeM. 2017.

PAIXÃO, Paulo. BE quer água de Alqueva mais barata e para mais terrenos. Expresso. 9 mai. 2016.

PEREIRA, Joana Madeira; MIRANDA, Tiago. Extensão do Alqueva "vai criar 17 mil novos postos de trabalho", diz Capoulas Santos. Expresso. 9 jun. 2016.

PINTO, Bárbara Cristina Lopes Morais da Cruz Tita Gomes. Participação, informação e comunicação nos processos de decisão pública. O caso de Alqueva. Dissertação de mestrado em Gestão e Políticas Ambientais da Universidade Nova de Lisboa-UNL. 2003.

PINTO, Miguel Ângelo. Alqueva deu vida nova às produções da Toscagri. Expresso. 8 fev. 2016.

RALO, Joaquim. Pântano de Alqueva desembalsando 15/01/10. Youtube. 15 jan. 2010. [Arquivo de vídeo].

REVISTA ALAMBIQUE. Alqueva transgénico. Diário do Alentejo-DA. 14 dez. 2012.

RTP. Inauguração da nova central hidroelétrica, na barragem de Alqueva. Noticiário diário. RTP arquivo. 23 jan. 2013. [Arquivo de vídeo].

RTP. Inauguração da Central Hidroeléctrica do Alqueva. Telejornal. RTP arquivo. 5 mai. 2004. [Arquivo de vídeo].

SCHMIDT, Luísa. Águas mal paradas. pp. 31-35. In: País (in) sustentável ambiente e qualidade de vida em Portugal.Lisboa: Novos Rumos. 2007.

SEQUEIRA, J. M. D. O planeamento da ação estratégica na definição de objetivos. O caso do parque Alqueva e a refinaria Balboa. Atas do XII Colóquio Ibérico de Geografia. Faculdade de Letras-FL da Universidade do Porto-UP. 2010.

SILVA, Alexandre M.; LÚCIO, António. Água de Alqueva salva beneficiários do Roxo. Correio da Manhã-CM. 9 jun. 2016.

SOL. Dois exelefantes brancos. Sol. 11 mai. 2016.

SOROMENHO-MARQUES, Viriato. Raízes do ambientalismo em Portugal. Metamorfoses. Entre o colapso e o desenvolvimento sustentável. pp. 127-144.Publicações Europa-América. 2005.

VEIGA, Bruno Gonzaga Agapito da; DUARTE, Laura Maria Goulart; VASCONCELOS, Lia Maldonado Teles de. Socio-environmental issues of the conflict on the Alqueva dam and the public policies of the water in Portugal, pp. 139-148. In: SOBRAL, M.; GUNKEL, G. (eds.). Reservoir and River Basin Management Technical University of Berlin-UB. 2007.

VEIGA, Bruno Gonzaga Agapito; DUARTE, Laura Maria Goulart; VASCONCELOS, Lia Maldonado Teles de. A barragem de Alqueva para quem? Por uma contextualização pluridimensional do desenvolvimento no Alentejo, Encontro Nacional da Associação Nacional de Pesquisa e Pós Graduação em Ambiente e Sociedade-ENANPPAS. jun. 2006.

WIKIPÉDIA. Alqueva. 2017.

ZILHÃO, João. The rock art of the Guadiana, the Alqueva dam, and the UISPP International Commission: a personal clarification. World Archaeological Bulletin. 19 set. 2001.

 

30 jun. 2017.