Bibliografia / Bibliography

 

 

AMIERO, Marco. Voices, clues, numbers: roaming among waste in Campania. Capitalism Nature Socialism, v. 24, n. 4, pp. 7-16. 2013.

ENTITLE COLLECTIVE. Political Ecology for civil society manual. Entitleblog.org. 11 jul. 2016.

FERNANDES, Francisco; COSTA, Inês; MEIRA, Teresa. Multiple landfill sites, Portugal. EJOLT Atlas, Projeto Environmental Justice Organisations Liabilities and Trade. 2015.

FERNANDES, Lúcia de Oliveira. O processo decisório da localização de um aterro de RSU: o caso de Sermonde. Dissertação de mestrado em Políticas Ambientais na Secção Autónoma de Ciências Sociais, Políticas e Jurídicas da UA-Universidade de Aveiro. 2006.

JG. Assembleia de freguesia discute aterro sanitário. JG-Jornal de Gaia. 16 mar. 1994.

JN. Sermonde exige transparência no processo do aterro de Gaia.Jornal de Notícias-JN. 27 jan. 1994.

LUSA. GAIA: Suldouro constrói em Sermonde central de valorização orgânica orçada em 22 milhões de euros. Expresso. 13 jun. 2008.

QUERCUS. Carta ao Presidente da Câmara de Gaia.Associação Nacional de Conservação da Natureza-QUERCUS. 29 nov. 1996.

RTP. Aterro de Sermonde, Gaia, já não recebe lixo doméstico e será selado em 2017. RTP notícias. 30 jun. 2016.

 

30 jun. 2017.