Artigo / Articles

 

ANA O. O volfrâmio nazi. Youtube. 28 nov. 2011. [Arquivo de vídeo].  

ANDRADE, Vítor. Queda nos preços trava mais de 100 projetos. Expresso. 28 nov. 2015.

ANIET. Site oficial. Associação Nacional da Indústria Extrativa e Transformadora-ANIET. 2017.

APA. Descontaminação de solos e áreas mineiras degradadas. Agência Portuguesa do Ambiente-APA. 2014.

APG. Site oficial. Associação Portuguesa de Geólogos-APG. 2017.

ARAUJO, Eliane Rocha; OLIVIERI, DAMICO, Renata; FERNANDES, Francisco Rego Chaves. Atividade mineradora gera riqueza e impactos negativos nas comunidades e no meio ambiente. In: FERNANDES, Francisco Rego Chaves; ALAMINO, Renata de Carvalho Jimenez; ARAUJO, Eliane Rocha (eds.) Recursos Minerais e Comunidade: impactos humanos, socioambientais e econômicos. pp. 1-12. Rio de Janeiro: CETEM/MCTI. 2014.

BAPTISTA DUARTE, J. F. A produção de minerais metálicos em Portugal. Evolução recente e perspectivas futuras. III Simpósio sobre Mineração e Metalurgia Históricas no Sudoeste Europeu, pp. 243-250. Porto. 2006.

BARCA, Stefania; DELICADO, Ana. Anti-nuclear Mobilisation and Environmentalism in Europe: A view from Portugal (1976-1986). Environment and History, v. 22, n. 4, pp. 497-520. 2016.

BARRIGA, Fernando J. A. S. Recursos minerais em Portugal: situação e perspectivas. Apostila de aulas teóricas da Centro de Recursos Minerais, Mineralogia e Cristalografia-CREMINER. Dep. Geologia daFaculdade de Ciências e Tecnologia-FCT da Universidade de Lisboa-UL. 2001.

BARRIGA, Fernando. Recursos minerais em Portugal: situação e perspectivas. Material didático. Departamento de Geologia, Faculdade de Ciências e Tecnologia-FCT da Universidade de Lisboa-UL. 2001.

BASTOS, Mário. Consulting and design for exploration and explotation in Portugal. PDAC Convention, Toronto. 7 mar. 2011.

BOTTARO, Lorena. La megaminería em cuestión. Características de La expansión de la minería a cielo abierto en Argentina, una aproximación al caso Sanjuanino. Buenos Aires: FLACSO-ISA. 2014.

CABRAL, Pedro. O potencial geológico nacional: solução para o enriquecimento de Portugal. III Jornadas APG, Laboratório Nacional de Engenharia Civil-LNEC. 28 e 29 nov. 2013.

CAETANO, Lucília, DIMUCCIO, Luca. Ambiente e desindustrialização mineira. pp. 79-116. In: Território, ambiente e trajetórias de desenvolvimento.Centro de Estudos Geográficos-CEG, Faculdade de Letras-FL da Universidade de Coimbra-UC. 2003.

CAETANO, Lucília, SANTOS, Norberto, GAMA, Rui. O território nas estratégias das empresas transnacionais, Nova Economia e Desenvolvimento Regional. Atas do IX Encontro da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Regional-APDR, Coimbra, v. 2, pp. 1285 a 1300. Mai. 2003.

CARVALHO, Fernando da Piedade. Past uranium mining in Portugal: legacy, environmental remediation and radioactivity monitoring. International Atomic Energy Agency, The Uranium Mining Remediation Exchange Group (UMREG), Selected papers 1995-2007, pp. 145-1155. 2011.

CARVALHO, Guilherme Rössler de. Memórias do tempo do volfrâmio [HD]. Youtube. 24 jun. 2010. [Arquivo de vídeo].

CAXARIA, Carlos. A grande visibilidade do setor a nível público passou por este Governo, presidente do Colégio de Geologia e Minas da Ordem dos Engenheiros. Boletim de Minas, n. 47. 2012.

CAXARIA, Carlos. A grande visibilidade do setor a nível público passou por este Governo.Presidente do Colégio de Geologia e Minas da Ordem dos Engenheiros. Boletim de Minas, n. 47. 2012.

COSTA, Carla Guapo; FERNANDES, Francisco Rego Chaves. Modelos de governação, responsabilidade social empresarial e políticas de atração de investimento na exploração de recursos naturais. Santo Amaro. pp. 42-62. Rio de Janeiro: CETEM/MCTI. 2012.

COSTA, Luís Rodrigues da. Portugal: a indústria extractiva a caminho de uma economia dos georecursos.Tecnologías limpias en las industrias extractivas minero-metalúrgica y petrolera. Rio de Janeiro: CETEM / MCT / CNPq / CYTED/AECI. 2006.

COSTA, Luís Rodrigues da. Indústria mineira e ambiente: integração ou conflito?. In: LINS, Fernando; LAPIDO, Francisco; SÁ, Gildo (eds.). A construção do Brasil e da América Latina pela mineração: histórico, atualidade e perspectivas, pp. 209-232. Rio de Janeiro: CETEM/MCTI. 2000.

COSTA, Luís Rodrigues da. Indústria mineira e ambiente: integração ou conflito? In: SÁ, Gildo; LINS, Fernando; LAPIDO, Francisco (eds.). A construção do Brasil e da América Latina pela mineração: histórico, atualidade e perspectivas. CETEM/MCTI. 2000.

COSTA, Luís Rodrigues da. O setor mineiro metálico nos anos 90 e perspetivas de evolução futura. Presidente do IGM.Academia de Ciências de Lisboa-ACAD. 1999.

COSTA, Luís Rodrigues da. Da indústria mineira à geoindústria: uma alteração estrutural profunda. Boletim de Minas, v. 35, n. 1. Instituto Geológico e Mineiro-IGM. 1998.

DELGADO RAMOS, Gian Carlo (coord.). Ecologia politica de la minería en América Latina: aspectos socioeconómicos, legales y ambientales de La megaminería. México: UNAM. 2010.

DUARTE, Jorge Baptista Filipe A produção de minerais metálicos em Portugal–evolução recente e perspectivas futuras. III Simpósio sobre Mineração e Metalurgia Históricas no Sudoeste Europeu, pp 1-7. Porto. 2006.

EI. Portugal: operação feldspato detectou 71 infrações. Entorno Inteligente-EI. 28 jan. 2014.

ESQUERDA.NET. Petição para que o trabalho nas pedreiras seja profissão de desgaste rápido. Esquerda.net. 5 abr. 2017.

FERNANDES, Francisco Rego Chaves; ENRÍQUEZ, Maria Amélia; ALAMINO, Renata (eds). Recursos minerais & sustentabilidade ambiental: v. i. Grandes minas; v. ii. Arranjos Produtivos Locais. Rio de Janeiro: CETEM/MCTI. 2011. [2 vols.].

FERNANDES, Lúcia. Mapear diferentes formas de dizer não: notas sobre a co-construção do conhecimento dos conflitos ambientais em Portugal. pp. 12-24. In: BRAVIN, Adriana; FERNANDES, Lúcia (orgs.). Diferentes formas de dizer não: expressões de conflitos ambientais em Portugal e na América do Sul. Cescontexto debates, n. 17. Centro de Estudos Sociais-CES da Universidade de Coimbra-UC. Mai. 2017.

FRANCO, Alfredo Augusto Mendes. A responsabilidade social das empresas mineiras - Um aspecto primordial do desenvolvimento sustentável. O principal desafio atual da indústria extrativa. Seminário: o legado mineiro sustentável. 29 mai. 2015.

FRANCO, AlfredoAugusto Mendes. O desenvolvimento sustentável nas indústrias extrativas. Resumo do trabalho desenvolvido pela DGEG para a UE. Direção Geral de Energia e Geologia-DGEG. 2008.

GAMA, Dinis da. A obstrução ambientalista à indústria extrativa mineral. Lisboa: Instituto Superior Técnico-IST da Universidade de Coimbra-UC. 2006.

GAMITO, Licínia. Overview of the mineral resources policy in Portugal. Direção Geral de Energia e Geologia-DGEG. 1st Regional Civil Society–Industry Dialogue. Madri. 12 jun. 2014. GORDON, Todd; WEBBER. Jeffery R. Imperialism and resistance: canadian mining companies in Latin America. Thrid World Quarterly, v. 29, issue 1. pp. 63-87. 2008.

GUIMARÃES, Paulo Eduardo; FERNANDES, Francisco Rego Chaves. Os conflitos ambientais em Portugal (1974-2015): uma breve retrospectiva. Capítulo 1. pp. 19-64. In: GUIMARÃES, Paulo Eduardo; CEBADA, Juan Diego Pérez (coords.). Conflitos ambientais na indústria mineira e metalúrgica: o passado e o presente. Rio de Janeiro – Évora: CETEM/MCTI. 2016.

GUIMARÃES, Paulo Eduardo. Conflitos ambientalistas nas minas portuguesas. De pé sobre a terra: estudos sobre a indústria, o trabalho e o movimento operário em Portugal. Capítulo II. pp. 134-177.In: GUIMARÃES, Paulo Eduardo; CEBADA, Juan Diego Pérez (coords.). Conflitos ambientais na indústria mineira e metalúrgica: o passado e o presente. Rio de Janeiro - Évora. 2016.

GUIMARÃES, Paulo Eduado; CEBADA, Juan Diego Pérez. Conclusão. pp. 361-369. In: GUIMARÃES, Paulo Eduardo; CEBADA, Juan Diego Pérez (coords.). Conflitos ambientais na indústria mineira e metalúrgica: o passado e o presente. Rio de Janeiro - Évora. 2016.

GUIMARÃES, Paulo Eduado; CEBADA, Juan Diego Pérez. Introdução. pp. 1-14. In: GUIMARÃES, Paulo Eduardo; CEBADA, Juan Diego Pérez (coords.). Conflitos ambientais na indústria mineira e metalúrgica: o passado e o presente. Rio de Janeiro - Évora. 2016.

GUIMARÃES, Paulo Eduado; FERNANDES, Francisco Rego Chaves. Capítulo 1: Os conflitos ambientais em Portugal (1974-2015): uma breve retrospectiva. pp. 19-64. In: GUIMARÃES, Paulo Eduardo; CEBADA, Juan Diego Pérez (coords.). Conflitos ambientais na indústria mineira e metalúrgica: o passado e o presente. Rio de Janeiro - Évora. 2016.

GUIMARÃES, Paulo Eduardo. Conflitos ambientalistas nas minas portuguesas (1850-1930). In: MONTEIRO, Bruno; PEREIRA, Joana Dias (orgs.). De Pé sobre a terra: estudos sobre a indústria, o trabalho e o movimento operário em Portugal. pp. 135-177. Lisboa: Instituto de História Contemporânea-IHC da Universidade Nova de Lisboa-UNL. 2013.

GUIMARÃES, Paulo Eduardo. Comunidad, clase y cultura e los trabajadores mineros del Sur de Portugal. Departamento de História. CIDEHEUS. Política y Sociedade, v. 39. n 2, pp. 457-479. 2002.

GUIMARÃES, Paulo Eduardo. As minas portuguesas do antigo regime ao liberalismo. Arqueologia & Indústria, v. 2-3, pp. 53-80. 1999/2000.

GUIMARÃES, Paulo Eduardo; CEBADA, Juan Diego Pérez (coords). Conflitos ambientais na indústria mineira e metalúrgica: o passado e o presente. Rio de Janeiro - Évora. 2016. 

JC. Eluvião bastante extenso de estanho e tungsténio encontrado nas minas da Bejanca. Jornal do Centro-JC. 1 mai. 2016.

LNEG. Site oficial. Laboratório Nacional de Energia e Geologia-LNEG. 2017.

LNEG. Textos integrais online de geociências. Portugal - indústria extrativa. Edição especial 2000. Laboratório Nacional de Energia e Geologia-LNEG, Divisão de Estudos e Estatística do Instituto Geológico Mineiro-IGM. 2000.

LNEG.Site oficial. Laboratório Nacional de Energia e Geologia-LNEG. 2017.

LUSA. Catarina Martins diz que pedreiros devem ser equiparados aos mineiros nas reformas. Diário de Notícias-DN. 25 mar. 2017.

LUSA. Governo aprova novos contratos de concessão mineira. Jornal de Negócios-JNe. 24 jul. 2016.

MADRUGA, Maria José; CARVALHO, Fernando; REIS, Mário; ALVES, João; CORISCO, José; LOPES, Irene; ABRANTES, João; OLIVEIRA, João Maria; SILVA, Lídia; PORTUGAL, Luís; MALTA, Margarida; SANTOS, Marta; ROMANETS, Yuriy; LIBÂNIO, Albertina; MOURATO, Anabela; SILVA, Gabriel; BATISTA, Alfredo; GOMES, Ana Rita; ANDRADE, Eva; CARVALHAR, Gonçalo; PEREIRA, Miguel. Contaminação radioativa de áreas mineiras uraníferas. Instituto Tecnológico e Nuclear-ITN. Sacavém: Departamento Proteção Radiológica e Segurança Nuclear. 2001.

MARTINS, Luís M. Plácido. Colt Resources aposta em Portugal. Advisory board Chairman and Director of Business Department of Europe from Colt Resources. Portugal Mineral, n. 6. 2013.

MARTINS, Luís M. Plácido. Open tender for exploration licences in the iberian pyrite belt. Direção Geral de Energia e Geologia-DGEG. PDAC Convention, Toronto. 7 mar. 2011.

MARTINS, Luís M. Plácido. Geology and mineral potential of Portugal.Direção Geral de Energia e Geologia-DGEG. PDAC Convention. Toronto. 7 mar. 2011.

MARTINS, Luís M. Plácido. Does european society need an european mining industry? The example of Portugal. Atas do Colóquio: a indústria mineira: passado e futuro. Auditório da reitoria da Universidade de Coimbra-UC. 12 a 14 mar. 2007.

MARTINS, Luís M. Plácido. Mineral resources of Portugal. The exemple of Portugal. Atas do Colóquio: A indústria mineira: passado e futuro. Auditório da Reitoria da Universidade de Coimbra. 12 a 14 mar. 2007.

MARTINS, Luís M. Plácido. Recursos minerais de Portugal. Ministério da Economia e do Emprego. Encontro de Professores de Geociências da Associação para a Defesa e Divulgação do Património Geológico do Alentejo e Algarve-DPGA. Moura. 2 mar. 2002.

MARTINS, Luís M. Plácido; CARVALHO, Jorge M. F. Passado, presente e futuro da indústria extrativa em Portugal. Colóquio: a indústria mineira: passado e futuro. Auditório da Reitoria da Universidade de Coimbra-UC. 12 a 14 mar. 2007.

NMB. Fusões e aquisições podem ultrapassar US$ 60 bi neste ano em mineração. Notícias de Mineração do Brasil-NMB. 9 jun. 2016.

OZKAYNAK, Begum. et al. Towards environmental justice success in mining resistances: an empirical investigation. EJOLT Report, n. 14. 2015.

PARRA, Acúrcio. Notas soltas sobre as oportunidades de investimento na indústria mineira mundial e nacional. Boletim de Minas, v. 48, n. 2. 2013.

PÉREZ CEBADA, Juan Diego. Tierra devastada: historia de lacontaminación minera (enlas grandes cuencas de minerales no ferrosos hasta 1945). Madrid: Editorial Sintesis. 2014.

PINTO, Ilídia. Minas absorvem 100 milhões de euros ao ano. Dinheiro Vivo-DV. 12 out. 2015.

PINTO, Luísa. Governo quer acelerar mineração no fundo do mar dos Açores. Público. 18 set. 2016.

PINTO, Luísa. Governo quer atrair investimento estrangeiro para o setor mineiro. Público. 14 abr. 2016.

QINGER, Gu. Manifestantes tibetanos em defesa do meio ambiente são espancados pelas forças de segurança da China. Epochtimes. 26 ago. 2013.

ROCHA, António. Portugal mines & Minerals. Youtube. 21 out. 2010. [Arquivo de vídeo].

RTP. O Bom Sabor do Alentejo. Horizontes da memória IX. RTP arquivo. 26 jan. 2002. [Arquivo de vídeo].

RTP. Mineiros. Portugalmente II. RTP arquivo. 4 dez. 1998. [Arquivo de vídeo].

RTP. Protesto de mineiros. Telejornal. RTP arquivo. 23 jan. 1995. [Arquivo de vídeo].

RTP. Jazidas de minério em Castro Verde. Noticiário Nacional. RTP arquivo. 22 fev. 1978. [Arquivo de vídeo].

RTP. Reportagem sobre Aljustrel. Noticiário Nacional. RTP arquivo. 16 fev. 1978. [Arquivo de vídeo].

SAND, Anders. Mineral raw materials in the EU. Minerals and Metals Research Laboratory, Luleå University of Technology. European Union-EU, COBALT Regional Dialogue. Madrid. 12 jun. 2014.

SCHMIDT, Luísa. Ambiente e políticas ambientais: escalas e desajustes. pp. 285-314. In: VILLAVERDE-CABRAL, M.; WALL, K.;ABOIM, S. &SILVA, Filipe Carreira (orgs.). Itinerários. A investigação nos 25 anos do ICS. Lisboa: Imprensa de Ciências Sociais-ICS. 2008.

SEQUEIRA, Fernando. Recursos geológicos-uma importante base para o desenvolvimento de Portugal. O Militante, Partido Comunista Português-PCP. Economia, n. 323. Mar./abr. 2013.

SILVA, Joaquim Manuel Lopes. Volfro! Esboço de uma teoria geral do “rush” mineiro: o caso de Arouca. Arouca: ADPA-Extenso. 2011.

SILVA, Pedro G. Collective mobilization and the social memory of environmental destruction: a methodological and theoretical frame proposal to socio-environmental conflict analysis. In: CABECINHAS, Rosa; ABADIA, Lídia (eds.). Narratives and social memory: theoretical and methodological approaches. Braga: Communication and Society Research Centre. 2012.

SONG, Juliet. Tibetanos lutam contra desastre ambiental causado por mineração na China. Epochtimes. 29 mai. 2016.

UE. Growth. A indústria mineral na UE. União Europeia-UE. 2017.

VALENTE, Sandra Cristina Marques. Entre os riscos e os benefícios – análise da percepção social do risco em duas comunidades mineiras. VI Congresso Português de Sociologia. 2008.

VALÓI, Estácio. Montepuez Ruby Mining tem concessão para extrair rubis e matar moçambicanos. Verdade Jornal Gratúito-VJG. 3 jun. 2016.

VIDAL, John. Mining threatens to eat up northern Europe’s last wilderness: vast network of rivers, lakes and mountains in Finland, Sweden and Norway at risk from being exploited for rare earth and other minerals. Guardian. 3 set. 2014.

VILLAS BÔAS, Hariessa Cristina. A indústria extrativa mineral e a transição para o desenvolvimento sustentável. Rio de Janeiro: CETEM/MCTI/CNPq. 2011.

VILLAS-BÔAS, Ana Lúcia. Mineração e desenvolvimento econômico: a questão nacional nas estratégias de desenvolvimento do setor mineral(1930-1964). Rio de Janeiro: CETEM/MCTI. 1995. [2 volumes].

VITORINO, Francisco. Agricultura e mineração, uma coexistência difícil, as minas do Vale do Vouga e as comunidades do Vale do Rio Águeda 1889-1924. Gestão e Desenvolvimento, v. 9, pp. 255-299. 2000.

 

11 jun. 2017.